FPF Tech inaugura Amazon Forest Game Studio, em parceria com Microsoft e INDT

 em Notícias

No dia 21 de novembro, a FPF Tech inaugurou o Amazon Forest Game Studio, novo estúdio de jogos de Manaus, focado no desenvolvimento do ecossistema de games e na formação de competências locais. Fruto da parceria com Microsoft e INDT, o primeiro lançamento do estúdio será o “Kukoo Monkeys”, focado no console X-Box e com versões futuras em outras plataformas. O espaço também promoverá concursos, treinamentos e premiações que irão movimentar os empreendedores digitais na área.

De acordo com o CEO da startup Kukoo Monkeys, Olímpio Neto, o time do estúdio é altamente qualificado e formado por profissionais das áreas de desenvolvimento, design, arte, roteiro e 3D, com larga experiência em projetos de âmbitos nacional e internacional.

“Nosso objetivo é atuar em sinergia com a comunidade local de jogos e temos potencial para transformar a nossa região em um polo de referência na área. A partir da capacitação de profissionais do mercado, podemos estimular o surgimento de novos jogos de classe mundial e até a criação de outros estúdios” — complementa Geraldo Feitoza, Diretor Executivo do INDT.

Mercado em expansão

Nos anos recentes, o mercado brasileiro de games vem se destacando na América Latina, mantendo a posição de liderança com quase 400 empresas atuantes no ramo, chegando a movimentar R$1,5 bilhão anualmente, segundo os dados da Gracom, escola especializada na formação de profissionais para esse setor.

A 19ª Pesquisa Global de Entretenimento e Mídia aponta que o mercado brasileiro de games deve crescer 5,3% até 2022.

“O Brasil é hoje um dos maiores mercados consumidores de games do mundo, e a indústria tem se expandido bastante nos últimos anos. O fortalecimento do ecossistema de games em Manaus é oportuno porque existe uma grande expectativa de que o Brasil se torne um grande exportador de games e não somente um consumidor”, comenta Luís Braga, Diretor Executivo da FPF Tech.

O evento de inauguração do estúdio contou com a presença de executivos importantes do setor, como Bruno Motta, Gerente de Produto e Marketing da Microsoft, Marina Pecoraro, Diretora de Comunicação da ABRAGAMES, representantes dos institutos parceiros, empresas envolvidas no desenvolvimento de jogos, SEBRAE e outros.

Segundo Feitoza, o desenvolvimento de um jogo com potencial de alcance global permite que o novo ecossistema já comece com um produto de referência, que possa chamar a atenção do mercado para a região Norte.

“Entre 2014 e 2018 o número de empresas formalizadas na região Norte foi a que mais cresceu, cerca 350%. Isso é muito importante porque os games, hoje, são o futuro. Vemos tantos jovens aqui, estudantes que amanhã poderão ser desenvolvedores em sua própria região.” — afirma Marina Pecoraro, representante da ABRAGAMES.

Conheça o Kukoo Monkeys

“Kukoo Monkeys — The Lost Pets” será um lançamento para X-Box, console da Microsoft, que proporciona uma jogabilidade em single e multiplayer, tendo como cenário o universo dos personagens do Kukoo Monkeys.

“Os Kukoo Monkeys são simpáticos macaquinhos que vivem em um mundo onde tudo é oceano e só existe uma ilha com uma única árvore, que possui portas que levam para outros mundos fantásticos completamente diferentes. Os pets são seus animais de estimação que acabam sendo usados por um vilão em um plano maligno e o player precisa encontrar os pets perdidos para ajudá-lo a reestabelecer a paz na árvore e nos mundos que fazem parte dela”, explica Olímpio.

Segundo Bruno Motta, Gerente de Marketing e Produto da Microsoft, as oportunidades são excelentes no país, pois o volume de investimentos no mercado de games supera os valores da indústria de música e cinema, somados.

“Esta é a primeira de uma série de ações que compõem o plano de criação e fortalecimento do ecossistema de empresas que produzem games na região Norte” — complementa.

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar

Sistema para automatização do processo de alimentação da empacotadora dos blocos de recado

 

BENEFÍCIOS

TECNOLOGIAS

Plataforma para modelamento Creo, plataforma de modelamento Solid Works, programação PLC, linguagem Ladder, normas NR 10 e NR 12.  

 

×